28.12.09

O Natal já passou, mas as prendinhas que nos colocaram no sapatinho vieram para ficar.

Bem, aqui por casa, ficámos com uma televisão nova, um LCDTV, nada mau, certo? Entre outras coisas, as pessoas gostam de nos dar coisas para a casa, que como é evidente também são para nós. LOL! Recebemos copos de uísque (esses já são mais para os amigos), duas canecas lindas de pequeno-almoço e um edredão bem quentinho muito bonito.

Além destes gestos maravilhosos, tenho que referir duas prendas que este ano me foram particularmente especiais, uma que recebi e outra que dei a uns amigos, com a participação de outros.

Ora vamos lá.

A primeira foi a que a minha cara-metade me deu: um voucher que me irá proporcionar um dia inteiro de relax num hotel cinco estrelas no Porto. Estou ansiosa por isso e ainda posso levar companhia (agora só falta decidir quem, porque eu queria levá-lo, mas ele não quer ir ).

A que demos, com a participação de uns amigos nossos, foi especial, porque decidimos fazer uma surpresa a outros amigos nossos, que convivem connosco mais recentemente. Eles mudaram a mobília completa da sala e faltava um toque de amizade. Descobrimos entre várias fotos que temos, uma em conjunto de um fim-de-semana que passamos em Junho, em Resende, na Festa da Cereja. Comprámos uma bonita moldura a combinar com a mobília e juntámos lá a fotografia. Espero que eles tenham gostado do gesto como de prazer nos deu dar-lhes essa prenda!

 

sinto-me:
link do postescrito por anid, às 19:13  opina à-vontade

31.8.09

Um dia o amor virou-se para a amizade e disse:

 - Para que existes tu se já existo eu?

 

A amizade respondeu:

- Para repor um sorriso onde tu deixaste uma lágrima.

 

Tags: ,
link do postescrito por anid, às 18:31  opina à-vontade

13.7.09

 

A minha mãe tem um amigo de longa data, que acho que a própria já perdeu a conta às décadas que o conhece... Foram amigos e colegas de trabalho.

Há quase dois anos, o amigo dela, o J., reformou-se e a minha mãe seguiu-lhe o exemplo um ano depois.

Porém, as suas vidas acabaram por seguir rumos diferentes.

Hoje a minha mãe é uma mulher ainda mais feliz, aproveitando o que a vida ainda lhe tem para oferecer, passeando sozinha, passeando com as amigas, rindo e dando grandes gargalhadas, arranjando novos amigos.

O J. teve uma notícia muito má pouco depois de se reformar. Tinha cancro no estômago. No ano passado, ele foi operado e tem sido sujeito a quimioterapia, segundo soube.

A minha mãe já não o via há quase meio ano e eu já não o via há mais. Foi um choque ver um homem cheio de vida, que me picava sempre que me via, que brincava comigo, quase sem forças para dar um passo em frente, sem cabelo e sem sobrancelhas. Um homem que outrora fora minimamente elegante, agora com uma barriga enorme, potenciada uma infecção no fígado, devido à operação que fez anteriormente e que tem que a aguentar, porque não pode tão cedo voltar a ser operado...

 

Sinceramente, custou-me a reconhecê-lo e inicialmente pensei que fosse simplesmente um doente que a minha mãe tivesse conhecido enquanto trabalhou no hospital. Mas depois de perto vi bem que era o J. O meu próprio estômago deu voltas, ficou com vários nós, perdendo a sede e a fome, revoltada, pensando porque é que isto tem que acontecer.

 

A nós, amigos de pessoas doentes, podemos apenas dar uma palavra reconfortante, mesmo sabendo que, por vezes, é insignificante, pois não chega...

 

Estou triste, muito triste mesmo...

 

sinto-me:
link do postescrito por anid, às 18:47  opina à-vontade

20.4.09

Tal como já tinha falado aqui no blog, na sexta-feira fiz anos e fizeram-me uma espécie de festa surpresa que simplesmente adorei.

No sábado, tive a oportunidade de sentar à mesma mesa 14 pessoas, entre amigos, a minha cara-metade e os meus pais.

Foi uma noite fantástica e para variar, a minha mãe estava com uma excelente disposição, o que ajudou a dar umas excelentes gargalhadas.

Depois da janta, com música ao vivo, fomos até ao Ryan's, na Ribeira. Um resto de noite maravilhosa, em que podemos (re)viver momentos passados (há muito muito tempo ou há apenas uns meses...).

 

Depois de um afastamento temporário, parece que os amigos da minha cara-metade se voltam a reunir.

No Domingo, o D. fez um ano e os pais, a B. e o C. convidaram-nos a todos para a festinha de aniversário. De salientar, que já não íamos a casa deles há quase dois anos e moramos na mesma cidade.

 

Whatever...

 

link do postescrito por anid, às 12:51  cusquices (2) opina à-vontade

18.4.09

... de pouco mais precisa (além de um emprego, como é evidente!).

 

Fiz anos ontem e tive surpresas muito agradáveis mesmo.

Na quinta-feira à noite, fomos até casa dos pais de um amigo nosso, com o objectivo de lhes levar e montar o computador novo. As coisas demoraram um pouco e às tantas, as doze badaladas chegaram. Estávamos todos no escritório (eu, a minha cara-metade, o N. e a C. e os pais do N.), quando começaram a cantar-me os parabéns. Fico tão emocionada com estas situações inesperadas, que não sei como reagir... Lol...

 

Bem, ontem, a minha cara-metade, fez-me mais uma surpresa: tirou o dia de férias, para poder estar comigo. Foi (é) um fofo!

À noite, fomos até aos meus pais jantar, com o N. e a C. Depois, seguiu-se a típica noite de póquer em casa da F. e do V. Estava tudo a correr tranquilamente (já me tinham oferecido uma prenda - uns chinelos, hi,hi,hi), quando chegou o break. Uns foram para a sala de fumo (vulgo varanda), outros foram para a cozinha e eu limitei-me a ficar com o V. a ver tv. Uns minutos depois, apareceram com um bolo, velas acesas e mais uma prenda. Cantaram-me mais uma vez os parabéns e eu inevitavelmente fiz um pequeno discurso emocionado: 'Apesar de ter perdido o meu melhor amigo esta semana, obrigado por vocês estarem a fazer isto. Muito obrigado mesmo'. Chorei emocionada e bebi um gole de champanhe. Abri mais uma prenda: o livro da Tami Hoag 'Antecedentes Perigosos'.

Infelizmente esta semana, fui a primeira a ser eliminada do póquer. Acontece!!! Não se pode ter sorte a tudo... Acho eu...

 

Bem, agora aguardo que o jantar de aniversário logo à noite corra bem, com os meus amigos e os meus pais.

 

sinto-me:
link do postescrito por anid, às 15:38  cusquices (1) opina à-vontade

16.4.09

A decisão foi tomada ontem e hoje ao início da tarde, os tratadores do canil municipal foram a casa dos meus pais, ao lar do Pintas.

Não fui capaz, covarde talvez, talvez tentando salvar a minha sanidade mental, de ir lá. Não seria capaz de olhar nos olhos dele e deixá-lo sozinho nos braços de estranhos, traçando o rumo da sua vida... do fim da sua vida.

 

Vou tentar recordar apenas os momentos maravilhosos destes treze anos que passamos juntos e não destas últimas semanas, em que te vi ficar fraco, cada vez mais fraco, o tumor a tomar conta do teu pequeno corpo...

 

Meu grande amigo, meu melhor amigo, meu primeiro grande amor, espero que neste momento te encontres num local melhor... Pelo menos fico com essa esperança no meu coração.

 

Adoro-te e vou continuar a adorar-te para todo o sempre!

 

sinto-me: muito triste!
link do postescrito por anid, às 19:13  opina à-vontade

9.3.09

Este sábado decidimo-nos juntar e irmos passear até à zona da Torreira.

O dia estava muito agradável, apesar do vento... Bem, saboreámos uma bela refeição de marisco, com vista para a praia e para o mar revolto.

Depois fomos passear até Salreu e no fim fomos até ao Parque Municipal de Estarreja, onde provamos o nosso parco lanche caseiro.

Por fim, ao chegarmos à nossa bela localidade, jantamos no frenesim do shopping e fomos ver o filme 'Next' a casa de um dos nossos amigos. O filme entreteve, mas já vimos coisa melhor (esta foi pelo menos a opinião geral).

 

Mas o melhor mesmo é saber que temos amigos, com quem podemos passar uns bons momentos. Acho que é essencial podermos contar com pessoas ao longo da nossa vida: nas piores ou nas melhores alturas.

 

Hoje ou amanhã, depois coloco fotos do nosso excelente passeio!

 

Carpe Diem!

 

link do postescrito por anid, às 14:55  opina à-vontade

5.2.09

 

UM AMIGO...

Ajuda-te

Valoriza-te

Respeita-te

Acredita em ti

Nunca te goza

Compreende-te

Nunca se ri de ti

Aceita-te como és
Eleva o teu espírito

Caminha a teu lado

Perdoa os teus erros

Admira-te no teu todo

Acalma os teus medos

Oferece-te o seu apoio

Ajuda-te a levantares-te

Diz coisas lindas sobre ti

Ama-te por aquilo que és

Explica-te o que não entendes

Diz-te tudo sobre o teu coração

Entrega-se-te incondicionalmente

Diz-te a verdade, quando precisas ouvi-la

Grita-te, se necessário quando não queres "ver" a realidade.

 

link do postescrito por anid, às 13:30  opina à-vontade


pesquisa
 
mais sobre mim
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Leitura em curso
Neste momento não leio nada, apenas escrevo...
comentários recentes
PROGRAMA DE AFILIADOS!Você está a procura de um re...
aqui no Brasil a gente fala muito mal o nosso idio...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
por acaso tambem andei muito a procura desta music...
Posts mais comentados
subscrever feeds
blogs SAPO